SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS
DE LAGES E REGIÃO
13/03/2018 - BARROSO DEFINE QUAIS PERFIS DE PRESOS ESTÃO PROIBIDOS DE RECEBER INDULTO
13/03/2018 - PREVI ZERA DÉFICIT E AFASTA RISCO DE APORTES
13/03/2018 - ALERTA! COMO FUNCIONAM AS NOVAS FRAUDES COM CARTÃO DE CRÉDITO
13/03/2018 - PREVI ALCANÇA EM JANEIRO SUPERÁVIT DE R$ 1,3 BILHÃO
13/03/2018 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA PODERÁ SER MAIS PROFUNDA NO PRÓXIMO GOVERNO, DIZ RELATOR
13/03/2018 - APRESENTAÇÕES DOS RESULTADOS DA PREVI EM 2017
13/03/2018 - NOVO PRESIDENTE DO BRADESCO TEM MISSÃO DE DIGITALIZAR O BANCO
13/03/2018 - BANCO NÃO PODE REDUZIR SALÁRIO AO TRAZER EMPREGADO DE VOLTA AO BRASIL
13/03/2018 - PLR DO BANCO DO BRASIL CREDITOU NESTA SEGUNDA-FEIRA (12/03)
13/03/2018
ALERTA! COMO FUNCIONAM AS NOVAS FRAUDES COM CARTÃO DE CRÉDITO


Hoje, a maioria das fraudes acontece por meio virtual, através da utilização dos dados do dono do cartão, no Brasil, 95% dos cartões em circulação possuem sistema de chip, o que inibiu as clonagens
 
O fraudador não precisa mais ter acesso ao cartão de crédito para fazer gastos em nome do verdadeiro dono. Com a disseminação dos chips e desbloqueio por senha, as clonagens de cartão praticamente desapareceram no país. Hoje, a maioria das fraudes acontece por meio virtual, através da utilização dos dados do dono do cartão.
 
“A fraude vai se transformando, diminui em alguns segmentos, mas aumenta em outros. Ela acontece cada vez mais sem a necessidade da posse física do cartão e mais por meio de operações em e-commerce, sites e aplicativos”, diz Moisés dos Santos, diretor de risco da Visa no Brasil. “O chip inviabilizou a possibilidade de copiar os dados, o fraudador parou de procurar cartão. Agora, ele procura os dados do cartão pela internet.”
 
No Brasil, 95% dos cartões em circulação possuem sistema de chip, segundo Ricardo Viera, diretor-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito (Abecs). “Nenhum país possui uma base de cartões chipados como o nosso. Nos Estados Unidos, são raros os locais que usam chip. Eles ainda utilizam trilha magnética. A adoção do chip reduziu violentamente a fraude no mundo físico.”
 
A mudança do perfil de fraude também alterou a forma como os golpes são aplicados. Algumas vezes, o valor do golpe é tão pequeno que o dono do cartão nem se dá conta. Mas até isso faz parte da nova estratégia dos fraudadores de cartão de crédito. O plano é fazer pequenas compras apenas para testar a validade e limite do cartão.
 
“Os fraudadores fazem a validação do cartão em sites não-seguros apenas para testar. Se conseguem realizar a compra, é bem provável que usem o cartão depois para operações de valor mais alto”, diz Alessandra Giner, CEO do aplicativo Pagar.me.
 
O novo tipo de fraude exigiu das empresas de cartão de crédito a adoção de novos mecanismos de controle e segurança. É que em caso de fraude, o prejuízo é assumido pelo emissor do cartão. Uma das estratégias mais antigas de combate à fraude se baseia no perfil de compra dos clientes. Quando uma operação foge desse perfil, a administradora entra em contato com o dono do cartão para confirmar se foi ele mesmo que fez o negócio.
 
Outra iniciativa que vem trazendo resultados positivos é o envio de torpedos sobre a compra. O cliente é avisado e consegue entrar em contado com a administradora para cancelar a compra.
 
O problema é que quanto mais a transação fraudulenta se parecer com as efetuadas pelo dono do cartão, mais difícil é o combate à irregularidade. Para combater as fraudes com cartão, as empresas passarão então a trabalhar com a validação da compra. Ou seja, o cliente precisa reconhecer a transação para que o negócio seja concluído.
 
“Estamos trabalhando fortemente com o conceito de autenticação da compra, que vai corresponder à presença do chip no cartão. O cliente vai mostrar que é ele mesmo que está fazendo a operação”, afirma Santos, da Visa.
Entre as formas de fazer a validação da compra estão a leitura biométrica, reconhecimento facial ou utilização de token.
 
No final do ano passado, o Santander, em parceria com a Mastercard e a Dafiti, começaram a testar o Identity Check Mobile, um sistema de autenticação de pagamentos online com o uso da biometria – seja impressão digital ou reconhecimento facial. O objetivo é verificar a identidade do portador do cartão, sem a necessidade de digitar a senha.
 
Enquanto as empresas não adotam de forma maciça mecanismos de checagem para todas as transações com cartão, vale seguir dicas antigas de segurança, como evitar compras em sites desconhecidos e nunca passar seus dados para outras pessoas, mesmo que sejam amigos ou parentes.
Fonte = Revista Veja
 
 
  • APOLONIA FELDHAUS | 01/01

  • Manoel Costa Oliveira | 02/01

  • Paulo Ricardo Marin | 03/01

  • PAULO RICARDO MARIN | 03/01

  • ALINE DUARTE SALEH | 04/01

  • CHARRIERI MACHADO PEREIRA | 04/01

  • KLEDIR JOSE DA SILVA | 04/01

  • Elias Ezequiel Costa | 06/01

  • RODRIGO BOGDAN | 08/01

  • José Luiz Batista | 09/01

  • JOSE LUIZ BATISTA | 09/01

  • ROBERVAL JOÃO SOPRAN | 10/01

  • HANAH KAREN MORAIS | 10/01

  • CELSO PADILHA JUNIOR | 10/01

  • Celso Padilha Jr | 10/01

  • MANUELA DE SOUZA | 12/01

  • ANGELA CAMPOLIN GONÇALVES SCHLICHITING | 12/01

  • PATRICIA FLORIANI | 14/01

  • Patricia Floriani | 14/01

  • Elaine Cristina Luiz 01 | 15/01

  • ELAINE CRISTINA LUIZ | 15/01

  • Luiz Alberto Fernandes | 16/01

  • LUIZ FERNANDO DIAZ PANINSON | 16/01

  • Luiz Fernando Diaz Panisson | 16/01

  • LUIZ ALBERTO FERNANDES | 16/01

  • Paloma Soares Córdova | 17/01

  • SILVANI RAFAELA ALBUQUERQUE | 18/01

  • Jonathas P. Canever | 21/01

  • Selso Vicente Dalmaso | 22/01

  • GEOVANE BASTOS | 24/01

  • VALDIRENE APARECIDA CANDIDO | 24/01

  • Geovani Bastos | 24/01

  • Marcos Vinicius Ronconi | 25/01

  • MARCOS VINICIUS RONCONI | 25/01

  • JONATHAS PEDROSO CANEVER | 26/01

  • VITOR DE ALMEIDA POLI | 26/01

  • Geane Mara F. Henckmaier | 28/01

  • GEANE MARA FERREIRA HENCKMAIER | 28/01

  • Juverci Aguiomar da Silva | 31/01

  • JUVERCI AGUIOMAR DA SILVA | 31/01



BASE TERRITORIAL
FILIADO A

LAGES, Anita Garibaldi, Abdon Batista, Bom Jardim da Serra, Campo Belo do Sul, Celso Ramos, Urupema, São Joaquim, Curitibanos, Otacílio Costa, Santa Cecília, Correia Pinto, São José do Cerrito, Ponte Alta

Todos os Direitos Reservados 2012
SEEB LAGES E REGIÃO | Desenvolvido por Getsystem
Rua Baependi, 183 - CENTRO, LAGES/SC CEP 88502-140